O que é a artrose? Quais são as causas? Veja aqui como é o tratamento.

A artrose, também chamada de osteoartrite é uma doença degenerativa crônica que ataca as articulações causando frouxidão, desgaste da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos e causa danos aos ligamentos, à membrana e o líquido sinovial.

É uma doença que não tem cura e piora progressivamente, porém existem remédios e tratamentos que retardam a progressão da doença aliviam a dor, o inchaço, a rigidez nas juntas e a dificuldade para realizar movimentos.

Sintomas da artrose

O que é a artrose? Quais são as causas? Veja aqui como é o tratamento.

Para você poder identificar a artrose antes que ela se agrave e lhe cause muitas dores e enormes dificuldades de movimentação preste atenção nos sintomas e procure um tratamento assim que notar sua existência:

  • Dor na articulação afetada;
  • Rangidos e limitação dos movimentos;
  • Espasmos musculares;
  • Atrofia muscular;
  • Inchaço e rigidez na articulação;
  • Algumas deformações nas regiões das articulações afetadas;
  • A artrose ao longo da coluna vertebral conhecida como“Bico de Papagaio” irrita os nervos espinhais causando dor, dormência e formigamento nos membros superiores ou nos membros inferiores;

A intensidade desses sintomas é diferente de paciente para paciente. Alguns ficam debilitados, outros apresentam sintomas leves e não raramente pessoas com artrose das mãos e dos joelhos passam anos sem apresentarem nenhum sintoma, mesmo com degenerações das articulações comprovadas por radiografia.

Remédios e tratamentos

A prevenção é a melhor forma de evitar sua aparição e não obriga-lo a tomar remédios e fazer tratamentos até o fim da vida.

Como prevenir:

  • Evite levantar e carregar excesso de peso;
  • Mantenha uma boa postura corporal;
  • Procure não fazer exercícios repetitivos;

Remédios:

  • Anti-inflamatórios não esteroides – Aliviam a dor, diminuem inflamações e reduzem a febre;
  • Analgésicos – Reduzem a dor;
  • Ácido Hialurônico – melhora a dor e as funções corporais dos pacientes;
  • Diacereína e Glucosamina sintética – Retardam a progressão da doença e suas complicações.

Tratamentos

Os tratamentos que tem por finalidade a redução da dor e a manutenção do movimento articular são apenas paliativos e devem ser individualizados conforme a articulação atingida e o quadro geral de saúde do paciente.

  1. Tratamentos para alívio da dor:
  • Inductotermia – Energia eletromagnética de pulso;
  • Aumento localizado de fluxo sanguíneo;
  • Radiação infravermelha;
  • Bolsa de água quente;
  • Compressa quente;
  • Hidroterapia – Tratamento realizado por banhos de banheiraquente ou de água mineral.
  • Acupuntura;
  • Reeducação Postural Global: Realizada por um profissional fisioterapeuta diminui substancialmente as dores geradas pela má postura corporal.
  1. Alongamento: Alongar o corpo melhora a flexibilidade;
  2. Fisioterapia: Tem como função restaurar a força muscular através de exercícios físicos. É fundamental que haja o acompanhamento de um fisioterapeuta;
  3. Aparelhos eletroestimuladores e de ultrassom – Estimulam a articulação, reduzem consideravelmente a inflamação econtrolam a dor;
  4. Artroscopia e Artroplastia – Essas cirurgias são comumente indicadas por médicos especialistas para casos severos.

Quais as articulações mais afetadas?

O que é a artrose? Quais são as causas? Veja aqui como é o tratamento.

A artrose pode acometer qualquer articulação, contudo as articulações mais comumente afetadas são:

  • Articulações dos joelhos e do quadril que sustentam peso do corpo, quando afetadas pela artrose provocam dificuldade em caminhar e dor intensa;
  • Articulações da coluna nas regiões do pescoço ou na parte inferior da coluna quando atingidas pela doença causam aos pacientes muitas dores no próprio pescoço, nas costas e dificultam a movimentação;
  • Articulações das mãos, das juntas dos dedos e do polegar ao contraírem artrose causam dor, inchaço, deformações nos dedos e extrema dificuldade para pegar pequenos objetos ao portador;
  • Articulação do ombro atingida provoca dor irradiada para o pescoço e membros superiores, além de criar dificuldade de movimentação dos braços;

A artrose pode ser primária quando há o uso excessivo de uma articulação ou pelo envelhecimento natural e secundária que é consequente da obesidade, de traumas repetitivos, anomalias congênitas e distúrbios hormonais.

Principais fatores de risco da artrose primária:

Para dificultar o aparecimento da artrose é fundamental evitar seus principais fatores de risco:

  • Trabalhos que sobrecarreguem algumas articulações;
  • Esportes que sobrecarreguem certas articulações pela exigência de repetitivos movimentos de torção;
  • Fraqueza na parte superior das pernas;
  • Atividades que exigem agachar ou ajoelhar repetitivamente levantando objetos pesados;
  • Excesso de peso corporal;

Evite os fatores de risco para não contrair a artrose que é uma doença degenerativa que não tem cura, que causa muita dor e cujos remédios e tratamentos são apenas paliativos.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply